Você já ouviu falar sobre Caseína?

Caseína é uma proteína encontrada no leite de mamíferos e extraída principalmente do leite de vacas, representando até 80% do tipo fosfoproteína natural. Na utilização para desenvolver o corpo humano, ela tem a função anti-catabólica, isto é, trata-se de uma proteína que colabora para a diminuição da perda de massa muscular em decorrência de exercícios e atividades físicas.

Há diversos tipos de caseína, são elas: alpha(s1), alpha(s2), beta, kappa e caseína micelar. Esta última, a caseína micelar é a que se encontra em fase mais natural, sendo a mais utilizada nos estudos envolvendo a proteína e sendo a mais aceito pelo mercado das empresas de suplementos, pertencendo também a ela a maior parte da comercialização de caseína.

Em comparação a Whey Protein, a caseína mostrou-se como tendo um efeito mais lento, mas mais duradouro. Foi realizado um estudo com pessoas que tomaram só whey e outras que tomaram só caseína. No primeiro grupo de pessoas, constatou-se que rapidamente elevavam-se os níveis de aminoácidos, que em seguida já diminuíam. No segundo grupo, no entanto, percebeu-se que demorava mais para elevar os níveis de aminoácidos, porém, ficavam por mais tempo circulando na corrente sanguínea.

Polêmicas que envolvem a caseína

Durante toda a existência da caseína como suplemento proteico, ela sempre foi cercada de polêmicas. Enquanto as empresas de suplementos argumentavam que a sua utilização era muito benéfica para as pessoas que buscavam desenvolver e fortalecer a massa muscular, relatório com diagnósticos médicos apontavam que ela era uma substância altamente cancerígena.

Foi proibida a sua comercialização. Em seguida, novos relatórios comprovaram que ela não fazia o mal que se acreditava que poderia fazer, levando-se em conta uma série de indicações, como não ser utilizada por pessoas que tenham restrições ao glúten , ou que tenham autismo ou síndrome de Asperger.

Atualmente a caseína é comercializada e divulgada, mas o seu uso pode representar riscos à saúde. Por isso, é de suma importância que se recomende avaliação médica antes de se ingerir esta substância.

Afinal, é bom ou não usar caseína?

Sim, ela é bastante recomendada se o que se busca é diminuir a perda de massa muscular.

As mesmas pesquisas que apontavam as restrições de utilização à caseína, foram as responsáveis por divulgar dados como: – 34% da perda de proteína corporal foi inibida com a utilização da caseína; – Ocorreu o estímulo de 31% a mais no processo de síntese de proteína quando a caseína era utilizada.

Então, se você busca maior retenção de massa muscular, a caseína pode ser a substância que vai lhe ajudar com este objetivo. Ainda, se a caseína for utilizada com outros suplementos, você pode ter a certeza de que estará investindo na formação e no fortalecimento da sua massa muscular.

Nossa equipe de redatores é altamente capacitada para a produção de conteúdos de qualidade sobre saúde, alimentação e fitness. Nossos redatores possuem vasta experiência na produção de conteúdo para diversos portais e blogs relevantes do mercado.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *